segunda-feira, 11 de abril de 2011

Desvendando segredos femininos!

Quando o NÃO que dizer SIM e quando o SIM quer dizer NÃO

Desvende 10 situações em que você nunca sabe o que ela quer dizer de verdade

Vladimir Maluf
Essa é uma das grandes diferenças entre os dois sexos... Quando os homens querem, eles falam. Elas, não... Deixam subentendido, nas entrelinhas, fazem charminho. E ainda armam a maior arenga se você não entender o que ela queria dizer (mesmo tendo dito o oposto). Por isso, pedimos às mulheres para listar as 10 situações mais comuns onde elas usam o “não”, mas nem sempre estão falando a verdade.
“Não precisa comprar presente”
Sim, precisa... Essa história de que não há necessidade de dar nada no dia do aniversário dela (ou outras datas) é pura balela. Se você está sem dinheiro, seja criativo. Nem que vá ao jardim do prédio e colha uma flor para ela. Mas não apareça de mãos abanando...
“Não gosto que homem pague a conta”
Ela é muito moderna, muito orgulhosa, muito dona de si... Mas não é por isso que dispensa o cavalheirismo de ser levada para jantar, com tudo pago, claro. Se ela faz esse comentário, provavelmente, é daquelas que não vê problema algum em rachar as despesas. Porém, fazer uma gentileza e pagar a conta com certeza será apreciado.
“Não, para...”
Aquela velha conversa de que, quando o clima esquenta, ela pede para parar e, no fundo, quer que continue, muitas vezes é verdade. Cabe a você entender a linguagem do corpo. Se ela nega, mas não te larga, ela quer. Se ela nega, mas fecha os olhos e tem calafrios, vá em frente. Mas se ela for firme e te brecar, respeite e pare!
“Não estou nem aí”
Sabe quando ela fecha a cara porque
você olhou para outra na rua? Mesmo assim, diz: “não estou nem aí”. Mentira! E essa é bem fácil de perceber. Se você não quer arrumar brigas futuras, cuidado. Essa frase significa exatamente o oposto: “vou quebrar a sua cara.”
“Não tenho ciúme dela...”
Você é muito moderninho e é um grande amigo da sua ex. A atual, claro, não deixa por menos, e trata a concorrente com o maior carinho. E ainda diz que não tem ciúme dela. Esqueça... A menos que ela seja uma monja budista, esse autocontrole é praticamente impossível e elas se odeiam.
“Bonita? Não fala assim que eu fico sem graça”
Fale, sim. Ela não fica sem graça coisa nenhuma. A vaidade é o pecado preferido do diabo. E das mulheres também... Elogios são sempre bem vindos.
“Eu não ligo”
Você esqueceu de usar a camisa que ela te deu de aniversário... De reservar uma mesa do restaurante que ela queria ir... De comprar os ingressos do show da Marisa Monte... Quando você dá aquela mancada e se desculpa, ela vai dizer docemente: “Tudo bem, não ligo”. Engano seu! Ela liga, sim. Portanto, trate de compensar o erro de alguma maneira, pois, em breve, ela vai jogar na sua cara.
“Não quero falar com você hoje...”
Infelizmente, quer. Essa é a frase que dá o pontapé inicial à famosa D.R (discussão de relação). Se é você que não está a fim de briga no dia, não ouse perguntar “por que não quer falar comigo?”. Se perguntar, ela vai responder... E a explanação vai levar horas.

“Não me ligue nunca mais!”

Se é a sua namorada, ai de você se obedecer a essa ordem... Prepare-se para uma guerra sangrenta, com direito a exumação de mágoas mortas. Se ela está nervosa, não vá ligar correndo. Dê um tempo... Mas, claro, procure-a depois que as coisas esfriarem.
“Não precisa me buscar...”
Claro que precisa! Ainda mais se for à noite, no aeroporto, depois de uma viagem longa. O que ela mais quer é a sua atenção, ser cuidada, amparada... Para você pode parecer uma bobagem, mas ela vai ficar derretida quando perceber que você não a deixou ir sozinha para casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário