quinta-feira, 14 de abril de 2011

Lasers poderosos e peelings combinados renovam a pele

Aproveite a temporada de outono-inverno para consertar os estragos causados pelo sol e rejuvenescer



Altamente recomendados para a época mais fria do ano, lasers e peelings eliminam as manchas, amenizam as rugas e melhoram o aspecto geral da pele. Em muitas regiões do País, a ausência do sol do forte na temporada outono-inverno é benéfica para a recuperação da pele, que deve ser preservada por algum tempo após os procedimentos estéticos

Por aqui você confere as opções mais bacanas do mercado. Contudo, o tratamento para cada pessoa deve ser definido por um médico.

- LASERNa categoria dos lasers, encontramos duas opções: os ablativos e os não-ablativos. Enquanto o primeiro remove a epiderme, ou seja, a camada externa da pele, os não-ablativos são menos agressivos, trabalhando principalmente na estimulação do colágeno.

Laser de CO2 Fracionado: O aparelho possui duas ponteiras: enquanto uma penetra profundamente na pele, a outra atua superficialmente. Trata-se de um tratamento severo e ablativo, indicado somente para quem tem rugas muito marcadas. Além disso, o CO2 Fracionado promove o rejuvenescimento cutâneo e melhora o aspecto de manchas e cicatrizes. Segundo Luis Torezan, diretor da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica, o laser fracionado é seguro, pois trata o rosto por colunas. “Apresenta menor risco de queimaduras e alteração da cor ou textura da pele”, afirma.
A descamação provocada pelo laser pode ser leve, moderada ou profunda, dependendo da densidade utilizada. “Como resultado, a pele se renova, apresenta melhora na tonicidade e as rugas mais profundas se suavizam”, comenta a dermatologista Denise Steiner, membro da Sociedade Internacional de Dermatologia. A recuperação pode levar de 10 a 15 dias, necessitando muitas vezes de analgésicos.

Laser Erbium, Erbium:Glass e Thulium: Quem apresenta envelhecimento de grau leve a moderado pode recorrer ao Erbium. Não-ablativo e menos agressivo que o CO2 Fracionado, ele promove a redução de linhas finas de expressão e marcas de acne. Outras opções para quem deseja reduzir manchas solares ou pequenas cicatrizes são o Erbium:Glass e o Thulium, ambos também não-ablativos. Eles atuam no colágeno e promovem o mínimo de descamação. “A recuperação dura uma semana”, orienta Torezan.

- PELLINGAlternativa ao laser, que não é recomendado para todos os pacientes, o pelling também é indicado para remover manchas, rugas e até melhorar a flacidez. O procedimento consiste em aplicar substâncias capazes de provocar reações que vão de uma leve descamação à remoção total da camada superficial da pele. Além do rosto, o peeling pode ser realizado no pescoço, colo, braços e mãos. “A novidade são os peelings combinados. É possível misturar diferentes tipos de ácidos e substâncias para obter o resultado desejado”, afirma a fisioterapeuta dermato-funcional Lorice Issa Miguel.

Peeling de Ácido Tricloroacético com Jessner: É um peeling de profundidade média, indicado para o rejuvenescimento de quem tem muitas rugas. Dois ácidos são usados na mesma sessão, o paciente sente uma leve dor após a aplicação, mas se recupera dentro de 10 a 15 dias.

Peeling Enzimático: É um peeling exclusivo para olheiras. Contém Êmblica, que é um clareador, e vitamina K1. Atua na cor arroxeada e descama minimamente o local. Após a aplicação, o paciente utiliza loções clareadoras com azuleno para potencializar o efeito do peeling.

Peeling Grego: Um aparelho solta um jato com partículas semelhantes à areia, que contém pó de cristal ou diamante. A microdermoabrasão é feita na superfície umedecida e há uma leve descamação e clareamento da pele. Também é conhecido como Hidromicrodermoabrasão.

Peeling Ultrassônico: Tratamento que promove limpeza nos tecidos e o seu enrijecimento. É superficial, reativa a circulação e deixa a pele macia e saudável. O princípio ativo do peeling é aplicado com um aparelho de ultrassom.

Nenhum comentário:

Postar um comentário