quinta-feira, 5 de maio de 2011

Será o fim da picada?

A toxina botulínica em creme pode ser uma alternativa e o alívio para quem tem medo de agulha.

O sonho de consumo



É o sonho de consumo das mulheres que querem se livrar das rugas sem enfrentar uma agulha. O assunto não é novo - há pelo menos cinco anos fala-se sobre a toxina botulínica de uso tópico. Entretanto, no mais recente meeting de dermatologia, que aconteceu no início do ano em New Orleans (EUA), o produto ficou sob os holofotes novamente e, ao que tudo indica, vai receber a liberação do FDA ainda este ano. Com a permissão do órgão americano, a ANVISA fica a um passo de também autorizar a sua utilização no Brasil. Segundo especialistas que estiveram no encontro, os estudos da nova toxina estão em fase avançada, mas, por enquanto, são focados no tratamento da hiperhidrose e nas áreas do rosto que tenham só um grupo muscular, como a região periocular - as laterais dos olhos, onde aparecem os pés de galinha. Isso porque a textura da substância, em gel-creme, tem ação localizada e, claro, bem mais superficial se comparada à forma injetável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário