sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Você sabe marcar seu côncavo?


Muitas vezes aprendemos a nos maquiar vendo fotos/vídeos de pessoas que possuem um formato de olho bem diferente do nosso. Ou queremos copiar o esfumado da atriz na novela, mas nunca fica igual. Ou então saber onde é o danado a gente até sabe, mas daí a saber o que fazer com ele + um pincel + uma sombra, já vai um caminho… ;)
É que cada tipo de olho demanda um tipo de marcação de côncavo, e nos resta observar o nosso pra saber o que fazer.
O mapa da mina
Com problemas pra identificar o seu côncavo? Bom, ele fica exatamente entre a pálpebra móvel e o ossinho do olho.
Pra ilustrar, vejam essa foto da Vivi maquiando no desfile do Wilson Ranieri pra SPFW:
Dependendo do seu tipo de olho, e também do efeito que você quer com a maquiagem, a sombra pode “subir” mais ou menos. Mas quando a gente ouve falar de marcar o côncavo, esse é basicamente o desenho.
Qualquer pincel serve?
Sim e não. Não tem aquela história do jeitinho brasileiro? Então.
Não há dúvidas que bons pincéis fazem muita diferença no acabamento do make. Mas se você não tiver um pincel de esfumar, fazer o quê? Dar um jeitinho, uai! Já esfumaram meu olho até com pincel chanfrado! rs
Mas esses são os que a Vivi indica:
Na hora de escolher qual pincel será usado pra esfumar, pense no que você quer.
Pra obter um efeito mais marcado, escolha um pincel de cerdas firmes, como o 219 ou o 217 da MAC (fotos 1 e 2 respectivamente). Pra um côncavo bem esfumado, escolha pincéis mais macios, como o E50 da Sigma (foto 3) ou o 224 da MAC (foto 4). Pra saber se um pincel é macio  ou firme, basta bater com a ponta dos dedos na ponta das cerdas – se o dedo “afundar”, o pincel é macio; se ”espetar”, é firme.
E se você não tiver um pincel específico pra esfumar, imrpovise: pincéis de boca geralmente dão pro gasto (como o da Marco Boni, por exemplo).
Comofás!
Passe o pincel na sombra, retire o excesso, e comece a movimentá-lo de fora dentro. Daí faça movimentos de vai e vem – do canto externo pro interno e vice-versa.
Pro esfumado ficar bem suave, faça movimentos curtos do côncavo pra fora.
Tem quem goste de fazer movimentos circulares também – pessoalmente, acho o mais difícil.
Todo cuidado é pouco na fronteira entre as cores (pálpebra móvel pro côncavo, côncavo pro arco da sobrancelha). O diferencial do make bem feito é esse! A passagem de uma cor pra outra deve ser homogênea.
A cor ideal pra esfumar
Os marrons são coringa, vão com tudo. Se você quiser um efeito bem suave, tipo não-make, use uma sombra bege ou amarronzada apenas uns dois ou três tons mais escura que a sua pele. Pro dia a dia, evite o preto, especialmente se você trabalhar em ambientes mais formais.
E pra não manchar a maquiagem, use o truque da passagem de cor: se a idéia for fazer um côncavo preto, comece com uma sombra bege, depois aplique a marrom e só então a preta; se for um olho roxo escuro, aplique primeiro um bege rosado, depois um lilás e por último o roxo.
E lembre-se: como o objetivo é marcar/delimitar a área, use de preferência sombras opacas.
A sobrancelha é o limite!
Até onde levar o esfumado? Coloque o cabo do pincel sobre dois pontos, o canto externodo olho e o final da sobrancelha. Daí pra dentro é que você vai trabalhar o esfumado.
Passando dessa linha imaginária, você corre o risco de ficar com aspecto de olho caído. Limpe a sombra que ultrapassou o ponto com uma esponja queijinho (se for muito escura, comece pelo olho ao invés da pele, e use um cotonete com demaquilante).
Côncavo personalizado
Veja na imagem abaixo onde você deve marcar, escurecer e esfumar o côncavo de acordo com cada formato de olho:

Nenhum comentário:

Postar um comentário